Copacabana, Rio de Janeiro 21 988341494
Design, Marketing Digital

Chegou a hora! Após muito pesquisa, muito estudo, e muita informação, você viu que está na hora de o seu negócio entrar para a internet. E para isso, você chegou a conclusão que vai precisar contratar uma agência digital especializada. Mas como fazer isso?

Contratar serviços em design e marketing digital é sempre um grande desafio. Entender quais os melhores canais para investir, ou mesmo saber em qual agência confiar, não são tarefas fáceis.

Por isso, e por terem pouco entendimento na área, é comum as pessoas escolherem a agência pelo menor preço. Porém, essa não é uma forma inteligente em maximizar o seu custo benefício. Principalmente hoje em dia.

Com a ascensão da área digital, diversas agências estão surgindo. Qualquer um se julga um gestor de marketing digital, um designer ou um social media.

Logo, a grande diferença entre as agências, está na qualificação de seus profissionais, na sua forma de trabalho e em suas experiências de mercado. Levando em consideração esses pontos, já é possível eliminar algumas opções entre as agências digitais que você está em dúvida.

Mas acredito que você deve estar se perguntando: porque uma agência iria dar dicas para ser comparada com outras?

Para nenhuma agência é vantajoso ter clientes que não se encaixam em seu perfil. Muitas vezes o cliente e a agência perdem muito tempo pensando e planejando uma estratégia e só no final percebem que a real necessidade não poderá ser atendida.

Por isso, o nosso intuito é te explicar os critérios que você deve considerar ao escolher uma agência digital visando o melhor retorno sobre investimento.

Portanto, abaixo elencamos os principais pontos que você deve levar em conta ao contratar uma agência digital.

1) Você já tem um objetivo?

Antes de sair cotando orçamento com várias agências, tente definir os seus objetivos. Afinal, se você não tem objetivos, é como dizia o gato do filme Alice no País das Maravilhas: “Se você não sabe aonde quer chegar, qualquer caminho serve!”.

Por isso é importante ter objetivos. Saber o que você quer e o que você espera do trabalho da agência. Até mesmo para saber se você precisa de uma agência especializada em design, publicidade ou em marketing digital. Ou mesmo uma agência que mescle conhecimentos de diversas áreas.

2) O que a agência já fez de bom?

Uma das melhores maneiras de evitar dor de cabeça, é olhar o portfólio e os estudos de casos das agências que você pretende orçar. Além é claro, se possível, buscar referências e recomendações com os clientes já atendidos.

Afinal, o portfólio e os cases, são um pouco do que você pode esperar como cliente. Logo, é muito importante considerar agências que mostrem isso de forma clara em seus sites!

Outro detalhe importante é verificar quais os tipos de empresas estão no portfólio. Além disso trazer mais credibilidade, você também pode ter uma ideia dos ramos de atuações mais atendidos pela empresa.

3) Os profissionais que atuam são bem qualificados?

É muito importante você procurar saber quem está por trás da agência e se seus profissionais possuem os conhecimentos necessários. Apesar deste ponto parecer óbvio, muitas vezes isso não acontece.

Você olha o site da agência, vê seu portfólio, mas muitas vezes não consegue saber quem está por trás do time de profissionais. Ainda mais hoje em dia que os contatos entre agência e cliente estão sendo cada vez mais por meios online.

Por isso, é muito importante você questionar as agências quanto ao seu quadro de funcionário. Não tenha vergonha de perguntar sobre as pessoas que possivelmente trabalharão com você. Profissionais com experiência, conhecimento e boas habilidades de comunicação são essenciais, já que muitas vezes irão lidar diretamente com a sua empresa.

4) A agência é especializada em apenas uma ou diversas áreas?

Atualmente, existem vários tipos de agências digitais. Existem as que são focadas em web design, tem as que são de design gráfico, as de marketing digital, as de mídias sociais, as de produção audiovisual, fora as que englobam várias áreas de atuação.

Voltando ao ponto número 1, essa é a importância em definir objetivos. São eles que vão te fazer optar por uma ou outra agência específica. Claro que dentro de uma estratégia completa de marketing digital, as áreas se convergem, fazendo com que uma área sempre precise de outra para que se chegue em um resultado satisfatório.

Portanto, a não ser que você precise de um projeto bastante específico, que necessite de uma expertise em uma única área, é melhor você selecionar agências que atendem a várias áreas dentro do design e marketing digital.

5) Os valores cobrados são justos em relação ao mercado?

Busque orçamento com diferentes agências e avalie se o preço da que você gostou é justo. Os valores de uma empresa dizem muito sobre ela, principalmente sobre seu comprometimento com os clientes. Portanto, sempre desconfie de agências que cobram muito abaixo do mercado. Muitas vezes o barato saí caro.

Afinal, é muito importante diferenciar preço e valor. Preço é o quanto você está pagando. Já valor, se refere aos benefícios que o trabalho traz. Um serviço contratado só é um investimento quando ele gera retorno que seja mensurável. Se ele não trouxer isso, ele deixa de ser um investimento e passa a ser um custo.

Sendo assim, busque por agências que querem mais do que seu dinheiro. Busque agência que torcem pelo seu sucesso e que façam de tudo o que estiver ao seu alcance para prestar o melhor serviço possível.

6) A agência é transparente no contato, na contratação e na entrega dos serviços?

Sempre veja se a agência está sendo clara e transparente desde o primeiro contato, a apresentação da proposta, e na assinatura do contrato. Questione seus processos e perceba se a agência está aberta para mostrar como as coisas acontecem no dia a dia. Isso geralmente diz como ela vai agir entrega dos serviços.

É importante não deixar que nada fique subentendido! Tem que haver clareza e transparência em todas as etapas e estratégias adotadas com o cliente. Afinal, você está contratando um serviço, logo é preciso ter certeza de que este está sendo feito com seriedade.

Agora que você já sabe os principais pontos que você deve levar em conta antes de contratar uma agência digital, é hora da ação. Portanto, observe e questione antes de assinar qualquer contrato.

Converse com clientes ativos, leve em consideração reviews, cases, certificações dos profissionais e qualquer indício do bom trabalho desempenhado. Cliente e agência precisam andar juntos para que os objetivos sejam alcançados da melhor forma!

Já conhece as nossas soluções em design e marketing digital? Nos colocamos a sua disposição para pensar e traçar estratégias juntos. Por favor entre em contato para saber mais.


0

Marketing Digital

A internet e o marketing digital não são exclusividade de grandes marcas. Pelo contrário, atualmente o mercado já provou que o marketing digital pode beneficiar empresas de todos os tamanhos.

Portanto, não é a toa que muitos negócios locais e pequenas empresas estão entrando pra internet.

Porém a dúvida que surgem a todos que estão começando nessa área é: quando é a hora de contratar uma agência de marketing digital?

Não existe uma regra para saber a melhor hora de fazer essa contratação. Geralmente, o sinal mais claro do momento certo de contratar uma agência de marketing digital, é quando você percebe que o seu negócio tem um grande potencial digital, mas você o aproveita pouco ou mal.

O fato é que uma agência de marketing digital torna tudo mais fácil e eficiente. Um trabalho digital bem estruturado, vai promover a visibilidade da sua marca, produto ou serviço. 

Além é claro, de estimular o engajamento do público-alvo e alavancar seus negócios. Principalmente hoje em dia que a grande maioria dos potenciais clientes estão inseridos no meio digital.

Portanto, separamos 5 indicadores de que está na hora de você contratar uma agência de marketing digital.

1) Falta de Presença Digital

Mesmo estando já quase em 2018, ainda é comum ver negócios locais e pequenas empresas ignorando a internet. E de uma coisa tenho certeza: essa é uma péssima ideia. Você quer exemplo?

Apesar de toda a crise política e econômica que o Brasil vem enfrentando, o e-commerce no país não para de crescer.

Esse é só um exemplo. Ter uma loja virtual não é a única maneira de aproveitar os benefícios da internet. Redes sociais, blogs, sites corporativos e anúncios online são algumas das opções disponíveis para negócios atraírem mais clientes e aumentar suas vendas.

Nesse outro artigo, separamos dicas sobre marketing digital para pequenas empresas. Vale a pena dar uma lida para ver todo o potencial que o seu negócio está perdendo.

Portanto, se o seu negócio ainda não está na internet, talvez seja a hora de contratar uma agência de marketing digital para que ela guie a sua empresa por esse caminho. Nem que seja para desenvolver projetos pontuais como um website para a sua empresa.

2) Falta de Tempo e Conhecimentos Necessários

Um dos pilares do marketing digital, seja através de sites e blogs ou das redes sociais, é o marketing de conteúdo. E para que a estratégia de marketing de conteúdo dê certo, é necessário cumprir um calendário editorial com a produção de um conteúdo único, relevante e de qualidade para o seu público-alvo.

Ou seja, tudo isso leva bastante tempo. Além é claro, que é necessário ter os conhecimentos específicos para colher resultados positivos. Você pode até estudar e se dedicar a desenvolver esse conhecimento, mas na grande maioria dos casos, você acaba dedicando tempo que não tem. Afinal, não é só de marketing digital que vive um negócio. Você precisa fazer suas tarefas diárias.

Por isso que desprender horas tentando aprender e desenvolver um calendário editorial de conteúdo para as redes sociais, ou mesmo criando anúncios online, não seja muito viável, não é?

Nesse caso, uma agência de marketing digital vai te dar todo o suporte necessário com a expertise dela. Através de profissionais especialistas em cada área, a agência conseguirá trazer os melhores resultados possíveis para sua empresa.

3) Tudo está Parado

Você já está um passo a frente! Criou página no Facebook, perfil no Instagram e até um site na internet.

Aí você percebe que simplesmente nenhuma estratégia de conteúdo foi planejada. Ou mesmo, você nota que o planejamento está simplesmente parado.

O site que você criou não recebe nenhuma visita, as redes sociais estão devagar, quase parando, e as postagens que você faz não recebem nenhuma interação.

Bem isso acontece com muito negócios, principalmente os que estão começando na internet. É comum as pessoas acharem que atrair clientes no meio online é fácil.

Muitos pensam que basta criar um site que vai chover de gente querendo comprar seu produto ou serviço. Ou melhor, hoje em dia não precisa nem criar um site, é só criar uma página no Facebook, postar algumas fotos, umas coisas engraçadas, e pronto! As vendas começam a acontecer magicamente.

Quando a pessoa percebe que isso não basta para ter resultados na internet, ela acaba deixando de lado o site, o blog e as redes sociais da sua empresa.

Por isso que é necessário ter uma estratégia, um planejamento e muita força de vontade na execução. Logo, se você não está conseguindo ter isso, talvez esteja na hora de contratar uma agência de marketing digital.

Pois a verdade é que se nada está sendo feito, a sua empresa está perdendo vendas e oportunidades de crescer e se destacar da concorrência.

4) Resultados Ruins

Atualmente, muitos negócios já possuem um site ou uma página do Facebook onde de vez em quando postam alguma foto ou compartilham algum conteúdo. Algumas empresas conseguem ter até uma certa interação com o público. Outras já chegam até a arriscar alguns impulsionamentos no Facebook e ficam bobas quando conseguem curtidas e compartilhamentos. Mas no fundo, essas ações nunca resultam em um contato para venda, ou mesmo quando resultam, elas não sabem medir.

Isso acontece principalmente pela falta de estratégia e planejamento online. Por isso, se você está passando por esse momento, talvez seja a hora de buscar uma ajuda especializada. A experiência de uma agência digital pode ser a solução para encontrar as principais dificuldades que sua empresa está enfrentando, consertar o que for necessário e colocar a estratégia no caminho certo.

5) Equipe Interna Amadora

O que acontece em muitos pequenos negócios, é que a equipe de marketing digital se resume a um único funcionário. Muitas vezes esse único funcionário é o próprio dono ou então um estagiário, ou mesmo um funcionário de outro setor que o patrão pagou um cursinho online e sobrecarregou ele com duas funções.

Para se ter sucesso na internet é preciso de profissionais com conhecimentos específicos e diversificados. Uma estratégia de sucesso, envolve pessoas capacitadas em áreas como o marketing, design, comunicação social, mídias sociais, entre várias outras, de acordo com cada projeto.

Não adianta colocar uma pessoa para fazer tudo e acreditar que os resultados vão surgir. Ao contatar uma agência de marketing digital, toda a estratégia online, será planejada e executada por profissionais com conhecimentos específicos. Dessa forma, é possível você alcançar melhores resultados sem precisar montar uma equipe completa de marketing digital.

Espero que com essas dicas você esteja mais preparado para saber se é a hora ou não de contratar uma agência de marketing digital. Se você quiser mais informações sobre o assunto, também temos um artigo sobre Como Escolher a Agência Digital Ideal, vale a pena a leitura.

Caso esse seja o momento, entre em contato, podemos desenvolver pensar e desenvolver estratégias juntos. Para saber mais dicas de marketing digital para pequenos negócios dê uma olhada em nosso blog e siga nossa página no Facebook.


0

Marketing Digital

Mitos na internet são bastante comuns, ainda mais quando se fala em marketing digital. Para quem está começando na área e está querendo criar estratégias online para o seu negócio, é muito mais fácil acreditar em alguns “boatos” do que procurar por dados e estudos que realmente comprovem a ideia ou teoria.

O marketing digital é uma área que está crescendo muito e mudando muito rápido. Logo, o que era verdade ontem, pode não ser amanhã, e por isso você deve estar sempre se atualizando.

Portanto, foi pensando nisso, que separamos 9 mitos de marketing digital que podem estar influenciando as suas ações online. Você precisa conhecê-los para ficar à frente da concorrência!

1) Marketing digital é só para grandes empresas

Esse é um dos maiores mitos que você pode ouvir sobre o marketing digital. A grande revolução da internet foi ter democratizado o acesso a meios de comunicações. Logo, isso fez com que a distância entre empresa e cliente, ficasse bem menor.

Pense comigo, antigamente, somente grandes empresas e negócios que podiam pagar, conseguiam alcançar uma grande audiência para o seu negócio. Com a internet e as estratégias de marketing digital, ficou muito mais fácil, barato e acessível, para as empresas conseguirem se comunicar com seu público-alvo, conquistar novos clientes, fidelizar os antigos e aumentar o alcance da marca. Portanto, hoje em dia, qualquer empresa, seja grande ou pequena, pode e deve se beneficiar do marketing digital.

Foi pensando nisso e procurando ajudar os pequenos negócios, que criamos esse outro artigo: “Marketing Digital para Pequenas Empresas: Por que você deve investir?“.

2) Marketing digital é caro

Se comparado aos outros meios e canais de comunicação e publicidade, uma estratégia de marketing digital, ainda é bem mais em conta. Porém, isso não faz com que um serviço bem planejado de marketing digital seja barato.

O ponto aqui é definir o que é preço, e o que é valor. Preço é o quanto você está pagando por um certo serviço. Já valor, é o quanto esse serviço te dá de retorno. Portanto, se você está pagando por um serviço, seja o preço que for, e ele não está te trazendo resultados, ele está sendo caro. Mas quando você paga por um serviço, e ele te traz os retornos que você esperava, isso deixar de ser um custo, deixa de ser caro, e passa a ser um investimento.

E essa é a vantagem do marketing digital. As métricas de resultados online, são muito mais fáceis de mensurar do que nos canais tradicionais. Porém é necessário que o trabalho seja feito por um profissional que entenda tanto sobre as estratégias quanto sobre as análises dos dados. Por isso, também preparamos esse artigo com dicas de Quando é a hora de contratar uma agência de marketing digital.

3) Like é tudo

Esse mito é clássico. Principalmente para pequenas empresas que estão começando no Facebook e Instagram. Curtidas, seguidores e fãs, são métricas de vaidades. De nada adianta ter muita curtida, se isso não retorna em mais vendas e mais clientes. É melhor ter 1000 seguidores ativos, que compram de você, do que ter 100.000 que só curtem e comentam os seus posts.

Numa estratégia de mídias sociais é necessário ter metas de alcançar o seu público-alvo certo, fazendo com que as curtidas se transformem em mais oportunidades de negócios e consequentemente mais clientes. Por isso, preparamos um infográfico com as dicas sobre O que fazer e Não fazer no Facebook.

4) Sua marcar deve estar em todas as redes sociais

Outro erro comum de pequenas empresas que estão começando no marketing digital, é criar perfis em várias redes sociais. Facebook, Instagram, Twitter, Pinterest, Youtube, Linkedin, Snapchat. Essas são as redes sociais mais comuns. Imagina o trabalho e o custo para gerenciar e criar conteúdo para todas essas redes sociais. Não é viável!

Por isso, a dica é identificar a principal rede social que o seu público-alvo se encontra e concentrar seus esforços nela. Quando já estiver com sua marca consolidada nesse canal, pode ser a hora de entrar para outra rede social. Tudo vai depender do seu tempo e orçamento.

5) O Facebook está morrendo

Atualmente, quem lida com conteúdo de páginas no Facebook, está sofrendo para ter alcance orgânico (sem pagar anúncio). Isso faz com que algumas pessoas que trabalham na área digam que o Facebook está morrendo. Porém essa afirmação vai totalmente contra os fatos.

Apesar de o Facebook estar mudando o seu algoritmo e estar restringindo cada vez o alcance orgânico de publicações, a rede social só vem crescendo, esse ano alcançou a marca de 1,94 bilhões de usuários. Só no Brasil já são mais de 100 milhões de pessoas, mais da metade da população.

Logo, quem diz que o Facebook está morrendo, não sabe o que está falando. Ele pode ter alterado seu algoritmo, mas se você tiver estratégia e conteúdo relevante, você ainda vai alcançar seu público-alvo. Veja esse infográfico com 5 dicas para bombar a sua página do Facebook.

6) Quanto mais conteúdo, melhor

Esse é outro mito muito comum de as empresas caírem. Muitos negócios quando criam uma página no Facebook, ou mesmo um blog em seu site, acham que tem que estar postando conteúdo todo dia. De nada adianta criar e postar conteúdo sem uma estratégia previamente planejada.

Você precisa conhecer o seu público-alvo e saber que tipo de conteúdo mais agrada a ele. Quando falamos de marketing de conteúdo, é necessário sim uma certa regularidade e um calendário editorial. Porém a grande questão está na qualidade do conteúdo. Sempre se deve priorizar a qualidade ao invés da quantidade.

Ou seja, entre escrever 1 artigo memorável ou 4 artigos médios por mês, opte pelo post memorável. O mesmo vale para as redes sociais. Entre fazer 2 postagens com qualidade ou 6 publicações medianas por semana, opte pela qualidade.

7) Usar conteúdo de outras fontes prejudica a sua marca

Outra grande falácia no marketing digital é dizer que você não deve compartilhar, linkar e nem usar conteúdo de outras fontes. A internet veio para ser interativa e gerar conexões. Logo, se o conteúdo de outra fonte for interessante para o seu público-alvo, você deve sim usá-lo e compartilhá-lo, lembrando sempre de dar os créditos.

Inclusive, uma das variáveis do algoritmo do Google, leva em conta o link building. Ou seja, a relevância de links externos que o seu site/artigo está apontando, e a relevância de outros sites que possuem links externos para o seu domínio.

8) É só seguir a fórmula mágica

Esse mito é clássico e é bom você ficar atento! O número de picareta vendendo a formula mágica para ficar rico com marketing digital não está no gibi. Volta e meia você vê um anúncio prometendo criar um negócio do zero, sem dinheiro, só usando técnicas de marketing digital. Não caia nessa!

Não existe nenhuma fórmula mágica. É possível sim ter sucesso através do marketing digital, mas é preciso conhecimento, estratégia, planejamento, muito trabalho, e claro, investir algum dinheiro. Nada é de graça! Para saber mais dicas sobre marketing digital para pequenas empresas, dê uma olhada nesse nosso artigo.

9) Design é só estética

Esse pensamento é muito comum entre os pequenos empresários e comerciantes. Pouco entendem o que é design e como ele pode ser útil para a sua empresa. Fora toda a parte estética, que também é muito importante para qualquer negócio, o design vai muito além disso.

Quando usado de forma correta e estratégica, o design interfere e influencia várias partes de um negócio. Desde o branding da marca, a relação com o público-alvo, e toda a experiência do seu cliente com a sua empresa. Por isso o design é muito importante. Se você quer entender melhor o que é design, veja esse nosso artigo.

Então é isso. Agora que você já sabe quais são os mitos do marketing digital, está na hora de começar a planejar a sua estratégia. Para saber mais dicas, leia mais artigos em nosso blog e acompanhe nosso Facebook.


0

Marketing Digital

O marketing digital para pequenas empresas e comércios locais não é mais uma opção e sim uma necessidade.

E isso também vale para profissionais liberais como advogados, dentistas, médicos, personal trainers, entre outros.

Porém, por incrível que pareça, em pleno 2018 ainda existem pequenas empresas que ainda não existem na internet. Parece que elas estão vivendo ainda na era analógica. Muitas não possuem nem o básico de presença digital.

Talvez isso ocorra pelo fato de que muitos pequenos empreendedores ficam em dúvida se é possível ter resultados com a internet. Se é possível atrair mais clientes para sua pequena empresa com estratégias de marketing digital.

Como resultado, é muito comum ouvi-los dizendo: “É muito complicado”, “É muito caro” ou então, “Isso é só para loja grande”. 

Talvez você seja um desses empreendedores.

Ou talvez não. Talvez você saiba o real poder do marketing digital para sua pequena empresa, mas só não sabe por onde começar.

Então certamente você está no lugar certo!

Logo, continue lendo para saber mais sobre:

  • Marketing Digital x Marketing Convencional
  • Porque Investir no Marketing Digital da sua Pequena Empresa?
  • Benefícios do Marketing Digital para Pequenas Empresas
  • 5 Dicas para começar o Marketing Digital da sua Pequena Empresa
  • Estratégias de Marketing Digital para Pequenas Empresas
  • Quanto Custa Investir no Marketing Digital da sua Empresa?
  • Porque investir num trabalho profissional de Marketing Digital para a sua Pequena Empresa?
  • Como contratar uma Agência de Marketing Digital para Pequenas Empresas?

Marketing Digital x Marketing Convencional

Primeiramente, é importante frisar que o marketing digital, independentemente de se passar na Internet, não deixa de ser marketing.

Os princípios são praticamente os mesmo, mas adaptados ao universo online. Porém, o poder da internet trouxe mudanças consideráveis nas estratégias de marketing digital. Veja as 5 principais mudanças:

1) Interatividade:

Enquanto a comunicação com o cliente no marketing tradicional é de forma unilateral através do SAC e outros canais de atendimento. No marketing digital a comunicação entre os consumidores e empresas é de forma bilateral e instantânea, através da internet. Portanto, o marketing digital revolucionou a forma como as empresas se comunicam com seus consumidores.

2) Segmentação:

Outra vantagem do marketing digital está na segmentação do público-alvo. Diferentemente do marketing tradicional, na internet é possível criar campanhas e estratégias voltadas para um público bem específicos.

Além disso, o marketing digital tem um poder de alcance global. Enquanto que as campanha de marketing tradicional sofrem com limitações geográficas.

3) Velocidade:

No marketing tradicional é preciso investir bastante tempo para pensar nas estratégias, desenvolver as ações necessárias e aplicá-las. E se caso a estratégia dê errado, começar tudo do zero é muito trabalhoso.

Já no marketing digital, tudo é imediato! Afinal, tudo na Internet funciona na velocidade de um clique.

Como resultado, você consegue realizar teste com diferentes estratégias de marketing, para diferentes públicos. E tudo muito mais rápido do que na mídia tradicional.

4) Linguagem:

Por causa da falta de interatividade entre consumidor e empresa,  a comunicação no marketing tradicional é sempre mais formal. É muito comum o uso de frases longas e explicativas.

Já na internet é permitido o uso de uma linguagem mais descontraída e direta. Inclusive, podendo fazer uso de emojis, hashtags e gírias do seu público-alvo. 

5) Mensuração:

A mensuração dos resultados de uma campanha no marketing tradicional pode ser bem complicada. Em comparação, no marketing digital é possível avaliar em tempo real os resultados de cada uma de suas ações. Além de poder acompanhar relatórios de métricas e conversões mensais.

Porque Investir no Marketing Digital da sua Pequena Empresa?

Não importa se o seu negócio é um salão de beleza, uma padaria, um restaurante ou um ateliê de costura. Ou até se você é um profissional liberal. Empresas e profissionais de todos os segmentos podem se beneficiar de estratégias de marketing digital.

Sites, páginas no Facebook, anúncios no Google, captação de e-mails, são formas eficazes de trazer novos consumidores para o seu negócio. E isso vale mesmo que o foco da sua empresa não seja a venda online.

Em um mundo cada vez mais conectado, ignorar os canais digitais é jogar fora um público que faz toda a diferença.

Afinal, querendo ou não, todos estão de alguma forma conectados na internet. Seja em seus computadores, smartphones, tablets, vídeo-games ….

É inevitável! A internet está por toda parte.

Além disso, para você ter uma ideia, hoje em dia 102 milhões de brasileiros estão no Facebook, é quase metade da população do país.

Portanto, certamente o público-alvo da sua empresa também está na internet. E com as estratégias certas de marketing digital, o seu negócio também pode se beneficiar e atingir um outro patamar.

Benefícios do Marketing Digital para Pequenas Empresas

“Se a sua empresa não está no Google ela não existe”.

Essa é uma frase que eu gosto muito de comentar com meus amigos que também possuem pequenas empresas.

Claro que o Google é só uma das formas de a sua empresa ser encontrada na internet! Mas pensa comigo. Quando você precisa de algum produto ou serviço ou informação, onde você pesquisa primeiro?  

E essa pesquisa no Google, vem sendo cada vez mais comum. Não só para realizar compras online, mas também para encontrar lojas, serviços e informações de um local determinado.

Consequentemente, muitas vendas se iniciam na internet. Seja por uma pesquisa no Google, através de um post no Facebook ou no Instagram, ou através de vídeos do youtube.

Porém, parece que muitos pequenos empresários ainda não perceberam isso. Não é a toa que você ainda vê muitos lojistas, prestadores de serviço e autônomos, investindo todo o dinheiro de marketing na mídia tradicional.

Não que panfletos, carros de som, outdoors, faixas e anúncios em jornais e rádios locais não funcione. Mas cada vez mais a mídia tradicional vai perder espaço para mídia online. 

Cada vez mais, o seu potencial cliente vai realizar pesquisas na internet antes de fazer uma compra ou contratar um serviço. 

Portanto, provavelmente para a grande maioria das pequenas empresas, anunciar nas mídias digitais é muito mais eficiente do que nas mídias tradicionais.

Veja o porquê.

Anúncios Mídia Tradicional x Anúncios Mídia Digital

Já imaginou investir em um outdoor e não pagar por mês, sendo cobrado apenas quando alguém do seu público-alvo visualizá-lo?

Ou como seria comprar um anúncio na rádio e saber exatamente quantas pessoas o seu anúncio alcançou? Quantas se envolveram? Ou até mesmo quantas pessoas compraram de você à partir desse anúncio?

Assim funcionam os anúncios pagos do Facebook e do Google! O seu sistema de segmentação de público e rastreamento de resultados permitem que você invista somente naquilo que realmente interessa.

Além disso, anunciando no Facebook você pode vender o seu peixe para muita gente. Atualmente mais de 102 milhões de usuários estão conectados no Brasil e as projeções são de mais e mais pessoas se conectando nos próximos anos.

Ou seja, qual audiência você acha que é maior: a rádio da sua cidade ou o Facebook na sua cidade? Fica a dúvida.

Mas enfim, a internet nos conecta com anunciantes o tempo todo. Além disso, na internet você consegue direcionar seu anúncio para o público-alvo específico. E também mensurar precisamente quantas pessoas seu anúncio alcançou e qual o seu retorno.

5 Dicas para Começar o Marketing Digital da sua Pequena Empresa

Finalmente! Chegou a hora! Não dá pra ficar fazendo os mesmos tipos de publicidade de 10 anos atrás. Está na hora de investir no marketing digital da sua pequena empresa.

Por isso,  preparamos 5 dicas fundamentais para você começar a atrair mais cliente para o seu negócio com a internet.

1) Separe um Orçamento para Marketing Digital

Primeiramente, é sempre importante separar um valor bem definido para investimento em marketing digital. Um valor inicial bem definido ajuda a não comprometer o orçamento de sua empresa.

Assim, você pode avaliar os resultados que esse investimento está trazendo a sua empresa e descobrir se vale a pena aumentar o investimento ou mesmo mudar a estratégia.

Dessa forma, você evita grandes ações iniciais que podem consumir seu orçamento deixando sem recursos para mudanças de rumo.

2) Defina uma estratégia

Como já falei acima, para a maioria das pequenas empresas, atuar em todos as áreas do marketing digital é totalmente inviável. Portando, com o orçamento definido, é hora de definir uma estratégia a seguir.

Não é uma parte fácil, porém, quanto mais bem definido a estratégia, melhores são os resultados, ainda mais para orçamentos limitados. É preciso que todos os envolvidos nas ações de marketing digital estejam bem alinhados com as estratégias.

Afinal, é nesse momento que você e os profissionais envolvidos vão definir o público-alvo, a plataforma a ser utilizada, a linguagem que vai ser adotada, quantidade de inserções, orçamento de anúncios e muitas outras estratégias.

Mas é bom lembrar: toda estratégia deve ser sempre analisada, mensurada e alterada se preciso. Não é porque uma estratégia foi definida que ela deve ser sempre executada.

3) Estude ou Contrate uma Agência de Marketing Digital para Pequenas Empresas

Não basta ter uma página no Facebook ou no Instagram, ou até mesmo um site próprio para ter resultado com marketing digital. É preciso muito CONHECIMENTO. E quando falo de conhecimento, não estou falando só do conhecimento ferramental.

Criar um site, anunciar um post no Facebook, fazer uma arte bacana para rede social, são conhecimentos importantes, mas não são o que fazem a diferença.

Além de você precisar conhecer muito bem seu público-alvo, é preciso que você saiba criar estratégias de forma a envolver e engajar seu público transformando-o em um cliente e fã da sua marca.

Logo, isso exige muito tempo de estudo de estratégias de marketing digital, o que muitas vezes vale mais a pena contratar um profissional ou agência qualificada.

4) Tenha paciência

Os resultados do marketing digital não aparecem do dia para a noite. Ganhar audiência na internet requer muita paciência e um trabalho duro diário. É preciso traçar e testar estratégias e mensurar resultados.

O mais importante é a sabedoria para mudar as estratégias que não apresentem bons resultados. O trabalho de marketing digital requer persistência pois os resultados começam a aparecer a médio e longo prazo.

Após ganhar uma audiência fiel na internet, os resultados do marketing digital vão começar a aparecer.

5) Analise os Resultados

Finalmente, o mais importante do marketing digital para pequenas empresas é analisar os resultados. Você deve saber identificar o que está lhe ajudando e o que não está dando certo.

Portanto, é importante mensurar todas as ações para que elas sejam analisadas no futuro. Uma estratégia que não deu certo deve ser prontamente substituída. Assim como uma estratégia vitoriosa deve ser repetida.

Isso ajuda a economizar dinheiro e ser mais eficiente. Logo, sempre analise os seus resultados. E claro, sempre leve em consideração os números e gráficos para a tomar decisões.

Estratégias de Marketing Digital para Pequenas Empresas

Seja qual for o segmento em que a sua pequena empresa atua, certamente você precisa vender mais.

Na realidade, todos querem e precisam vender mais.

A vantagem do marketing digital é que de acordo com cada empresa, ou cada tipo de negócio, você adota estratégias diferentes para alavancar as vendas.

Para alguns negócios o Facebook é melhor. Para outros o Instagram funciona melhor. Assim como tem negócios que vivem de estratégias de posicionamento no Google, ou então no Youtube.

Enfim, de acordo com cada negócio e verba disponível, é possível desenvolver diferentes estratégias de marketing digital voltadas para pequenas empresas. Portanto, todas as empresas de qualquer tamanho podem sim ter sucesso com o marketing digital. 

Quando desenvolvido da forma certa, as estratégias de marketing digital podem colocar sua empresa em patamares impossíveis se comparado ao marketing tradicional. Especialmente no que diz respeito ao relacionamento com o cliente.

Por isso, abaixo separamos 7 estratégias de marketing digital para pequenas empresas que realmente funcionam. Muitos de nossos clientes vem aplicando várias dessas estratégias e vem colhendo seus frutos.

7 Estratégias de Marketing Digital para Pequenas Empresas que Funcionam:

Marketing Digital para Pequenas Empresas
Marketing Digital para Pequenas Empresas

1) Coloque a sua empresa no mapa

Cada dia que passa, os consumidores tendem a buscar mais informações online antes de decidir onde fazer sua compra offline. Consequentemente, esta tendência só crescerá com o aumento dos smartphones.

Portanto, para que a sua empresa seja achada online, o primeiro passo pe fazer o cadastrado do seu negócio no Google Maps.

O cadastrado é totalmente gratuito e deve ser feito pelo Google Business. Assim, quando um usuário procurar a sua categoria de negócio na região onde a sua empresa estiver localizada, ele poderá encontrar o seu negócio com facilidade. Além disso, você também vai poder criar campanhas de anúncios no Google Ads para atrair mais clientes para a sua empresa.

2) Crie uma Página no Facebook

Marketing Digital para Pequenas Empresas
Marketing Digital para Pequenas Empresas

Atualmente são tantas redes sociais que estar presente em todas também se torna praticamente inviável. E como já falei, mais de 102 milhões de brasileiros compartilham informações no Facebook, quase metade da população do país.

Ou seja, muito provavelmente o seu público-alvo também vai estar no Facebook. Portanto, uma das principais estratégias de marketing digital para pequenas empresas é criar e manter atualizada uma página profissional no Facebook. Você vai abrir um canal de comunicação muito potente com os seu clientes.

Você também pode atuar em outra rede social, mas se você tiver orçamento limitado e tiver que optar por só uma rede social, escolha o Facebook. Nós temos um post com um Infográfico com 5 Dicas para Você Bombar a sua Página do Facebook, vale a pena dar uma olhada.

3) Tenha um Número de WhatsApp para a sua Pequena Empresa

Estar disponível para responder perguntas e até mesmo efetuar reservas ou vendas pelo Whatsapp é uma função que muitos consideram amadora, mas é bastante eficaz. Divulgue esse atendimento como um diferencial da sua empresa. Mostre ao seu cliente que você tem mais um canal de atendimento, e convenhamos, não custa muito né!?

4) Crie Conteúdo de Qualidade

Criar conteúdo de qualidade é a melhor forma de conversar com o seu cliente. Com um bom conteúdo, provavelmente ele irá interagir com você buscando ainda mais informações sobre seu produto/serviço, seu mercado e até mesmo sobre a estrutura da sua organização.

Portanto, sempre produza conteúdo de qualidade e específico para o seu público-alvo. Você deve entender o que seu cliente quer ver, quais informações ele quer saber, o que ele gosta de assistir… O seu conteúdo deve ser interessante, útil e confiável para o seu público-alvo, e claro estar alinhado a estratégia de marketing digital da sua empresa.

5) Anuncie na Web

A grande vantagem da mídia digital é que tanto o Facebook Ads quanto o Google Adwords possuem ferramentas para fazer anúncios segmentados para o mercado local. Usando este recurso você poderá atingir exatamente as pessoas que estão na sua cidade ou no seu bairro e que podem comprar os seus produtos e serviços.

Com esta estratégia você consegue atingir o público certo, sabe exatamente quantas pessoas foram alcançadas e consegue mensurar mais fácil o resultado sobre o investimento. Para saber mais sobre anúncios no Facebook, veja nosso outro artigo sobre Como Anunciar de Maneira Eficiente no Facebook.

6) Escute o seu Cliente

Fique atento aos comentários e mensagens dos seus clientes. Se relacione com ele e procure entender a sua dor e como ajudá-lo. Sempre que possível, crie pesquisas e dê incentivos para ele responder formulários sobre a sua empresa, seu atendimento, seu produto, serviço…

Peça sempre um feedback. Além de ser muito importante para você estar sempre melhorando o seu produto/serviço, estudos mostram que indicações e comentários de outras pessoas, são as fontes mais confiáveis para os consumidores quando estão decidindo sobre comprar algo. Portanto divulgue seus feedbacks positivos.

Ouvir e se relacionar com seus clientes, são as melhores forma de criar conteúdo e estratégias focadas e pensadas diretamente no público final da sua empresa.

7) Crie um site com um blog

Ter um site para a sua pequena empresa já deixou de ser um diferencial, hoje em dia é uma necessidade. Nem que seja um site institucional para divulgar a missão, visão e valores da sua empresa, e as informações de contato.

Além isso, ter um site possibilita a criação de um blog integrado. Esse é o 1º passo para desenvolver estratégias avançadas de marketing digital para pequenas empresas.

Afinal, é no blog do seu site que você vai criar conteúdos relevantes para captar contatos de potenciais clientes e fidelizar os antigos. Dê numa olhada em nosso serviço de Web Sites e veja o que é possível desenvolver.

Executando as Estratégias de Marketing Digital para Pequenas Empresas

Agora você está pronto para colocar o seu negócio com tudo na internet.

Acredito que todas essas dicas mostraram que estratégias bem estruturadas de marketing digital para pequenas empresas podem trazer muito benefícios reais para qualquer tipo de negócio.

O marketing digital para pequenas empresas abre as portas para um mundo novo de oportunidades de negócios e conquistas de novos mercados.

Porém você tem que agir! O cenário de marketing digital para pequenas empresas é promissor, mas infelizmente alguns empresários ainda resistem à ideia de criar uma estratégia sólida na internet. O que talvez seja o seu caso.

Você pode argumentar que não tem estratégia de marketing digital simplesmente porque não conhece as técnicas e ferramentas necessárias.

Ou então dizer que não te sobra tempo para pensar em campanhas para a sua pequena empresa na internet.

Ou quem sabe argumentar que a sua empresa não tem orçamento para estratégias online.

Mas isso não é desculpa, ainda mais hoje em dia.

Quanto Custa Investir no Marketing Digital da sua Pequena Empresa?

Apesar de muitos empreendedores acharem que o investimento em marketing digital é caro, isso não é uma realidade. Se comparado com a mídia tradicional, a mídia digital ainda é bem mais barata.

Por exemplo: é possível começar a anunciar no Facebook com um mínimo de R$ 2,00 por dia e no Google com R$ 1,00 por dia. Além do que, quando falamos de marketing digital, estamos falando de vários tipos de estratégias. E claro que para muitas pequenas empresas, ter uma estratégia completa de marketing digital muitas vezes é inviável e desnecessário.

Você não precisa ter um site com um servidor poderosíssimo. Nem um blog com milhões de acessos, ou então uma lista e-mail marketing com milhares de contatos. Nem mesmo ter um perfil em todas as redes sociais é necessário para a sua pequena empresa ter benefícios com marketing digital.

Basta ter as estratégias certas e um bom gerenciamento. Isso é o bom da mídia digital! Você pode começar com pouco investimento e escolher atuar somente em alguns segmentos. 

Criar uma página no Facebook, Instagram, ou um perfil no Google são grátis e só gastam tempo. O mesmo pode se dizer de manter as redes sociais da sua empresa ativa, só consome tempo e um pouquinho de criatividade.

Testar alguns anúncios no Facebook Ads e no Google Ads também são ações exigem mais tempo do que dinheiro. Já que ambas as ferramentas permitem você anunciar valores bem baixos.

Portanto, é só colocar a mão na massa.

Porque Investir num Trabalho Profissional de Marketing Digital para a sua Empresa?

Agora você já viu que não tem desculpas pra você não investir no marketing digital do seu negócio. Mas vale a pena investir num profissional ou agência especializada?

Tudo vai depender do resultado que você quer alcançar e do tempo que você tem disponível. Mas saiba de uma coisa: quanto mais profissional for o trabalho de marketing digital, mais retorno a sua empresa vai ter.

Quando se tem alguém ou uma agência especializada no assunto, os caminhos são mais curtos e mais assertivos. Logo, os resultados tendem a aparecer mais rápido e com retornos melhores.

Por exemplo: campanhas de anúncios no Facebook e Google bem desenvolvidas e direcionadas para o público certo, conseguem gerar bons resultados com investimentos entre R$ 200,00 a R$ 300,00 por mês. Essa é a prova de que o marketing digital para pequenas empresas pode gerar muito resultado com um baixo custo.

Porém, para muitas pequenas empresas a melhor solução é a terceirização do serviço de marketing digital (veja se está na hora de a sua empresa contratar uma agência digital). Dessa forma você consegue alcançar bons resultados gastando menos do que se fosse contratar funcionários para as funções.

Como Contratar uma Agência de Marketing Digital para Pequenas Empresas

Contratar serviços em design e marketing digital é sempre um grande desafio. Entender quais os melhores canais para investir, ou mesmo saber em qual agência confiar, não são tarefas fáceis.

Por isso, e por terem pouco entendimento na área, é comum as pessoas escolherem a agência pelo menor preço. Porém, essa não é uma forma inteligente em maximizar o seu custo benefício. Principalmente hoje em dia.

Com a ascensão da área digital, diversas agências estão surgindo. Qualquer um se julga um gestor de marketing digital, um designer ou um social media. Logo, a grande diferença entre as agências, está na qualificação de seus profissionais, na sua forma de trabalho e em suas experiências de mercado.

Logo, primeiramente você deve buscar referências sobre a agência ou profissional. Para isso nada melhor do que usar a própria internet e até mesmo falar com antigos clientes.

Se você quer mais dicas, dê uma olhada nesse artigo explicando o que você deve levar em conta para contratar uma agência de marketing digital ideal. Vale a pena a leitura!

E se você precisar de ajuda profissional, a Goma Digital é uma agência especializada em marketing digital para pequenas empresas. Temos um atendimento personalizado e projetos compatíveis com o seu orçamento e objetivos. Entre em contato.


0

WhatsApp chat